Azulejos

Os magníficos azulejos chegaram à Europa pelas mãos de viajantes provenientes do Norte de África. Azulejo surgiu da palavra Árabe "azzelij", que era usada quando se fazia menção a uma pedra pequena, achatada e polida.

Em Lisboa, os azulejos contam-nos muito acerca do passado turbulento da cidade. No Mosteiro de São Vicente de Fora, pode apreciar um painel incrível que descreve a conquista de Lisboa: Cristãos a escalar as muralhas defendidas pelos Muçulmanos, bandeiras com luas crescentes hasteadas, cadáveres, espadas e setas são apenas alguns dos elementos presentes neste painel.

Quer saber mais?... Abra bem os olhos e descubra por si mesmo! Procure estas verdadeiras obras de arte em museus, miradouros, estações de metro, no Oceanário de Lisboa e em diversos palácios e veja como Lisboa era antes do terramoto de 1755, como os azulejos eram usados para expressar a prosperidade de mansões e igrejas e como um canal de água de 115 metros coberto de azulejos pode cortar a respiração até ao mais simples dos mortais (no Palácio de Queluz).

Leia mais sobre azulejos em Lisboa na nossa página de actualidades.


Faixa publicitária

autos en

Please update your Flash Player to view content.


Utilizamos cookies para fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies.